quinta-feira, 10 de junho de 2010

Seminário reúne ativistas do movimento negro e educadores para conscientizar sobre a auto-afirmação no Censo 2010

José Demetrio
ascom/SEE

Ana carolina, representante da Unifem

O seminário “Afrodescendentes e o Censo 2010: A educação contribuindo para a autoafirmação, realizado no último dia 9, no auditório da Secretaria Estadual de Educação e Esportes, por meio da Gerência Étnicorracial e de Gênero reuniu ativistas do movimento negro de Alagoas, além de educadores, com o objetivo de conscientizar as pessoas para a importância da pesquisa realizada a cada dez anos, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e que este ano terá uma pergunta relacionada a cor da pele da população.

A auto-afirmação da população negra servirá para avaliar o modo de vida e dificuldades enfrentadas e para intensificar as ações governamentais, já que a maioria vive em condições precárias e não tem acesso a saúde e a educação. Até 2012, uma rodada de censos será executada em toda a América Latina, e uma rede formada por instituições de vários países está comprometida na divulgação e preocupada em relação a temática racial.

O Estado possui inúmeras comunidades que abrigam descendentes de quilombolas, atendidos por programas do governo Estadual e Federal. Desde o ano passado, a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial em Alagoas (Cojira-AL), o Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô/APN-AL e a Pastoral da Negritude da Igreja Batista do Pinheiro realizam palestras e ciclos de debates, como o “Tambor Falante” sobre a importância do Censo 2010.

José Demetrio
ascom/SEE
Palestrante fala sobre importância do evento

O evento contou também com o apoio do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), representado pela coordenadora de direitos econômicos, Ana Carolina Quirino, que abordou o tema "A importância da Lei 10.639/03 na formação da consciência étnica”. Ela reiterou a representatividade do trabalho desenvolvido pelas Cojiras, lembrando a atuação efetiva da comissão no Estado.

“Alagoas tem uma tradição histórica, é berço do Quilombo dos Palmares e tem representantes do movimento negro reconhecidos nacionalmente, como a Vanda Menezes. A Cojira daqui tem uma atuação intensa. Começamos a trabalhar em parceria no ano passado, em dois importantes eventos. A mídia é fundamental para a formação da sociedade, assim como a escola e a família, mas os grandes meios não retratam a diversidade das pessoas, por isso, estamos plantando essa semente”, destacou Ana Carolina.

José Demetrio
ascom/SEE
Seminário reuniu ativistas e educadores

A presidente do Sindicato dos jornalistas de Alagoas e integrante da Cojira, Waldice Gomes, o mestre Cláudio, que desenvolve um projeto de capoeira nas escolas do Estado e na Serra da Barriga, em União dos Palmares, além das coordenadoras da Gerência Étnicorracial e de Gênero, Irani da Silva Neves e do Fórum permanente de educação e diversidade étnica, Rosário de Fátima fizeram parte da mesa de trabalho.

Durante o seminário a professora-doutora Nancy Helena Franco Rebouças, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) apresentou o trabalho desenvolvido na área de educação e diversidade, relacionado a construção da identidade étnico racial. Já o professor da Escola Estadual Alberto Torres, Alek Sander falou sobre os resultados do projeto “Pérola Negra”, que fez Alagoas ser um dos primeiros Estados a cumprir a Lei 10.639/03, que prevê o ensino da história da África nas escolas públicas e particulares.


Também houve uma apresentação afro-cultural com o professor Edu Passos, que desenvolve um projeto de oficinas de Dança Afro-Brasileira nas escolas, contemplado com o 1º Prêmio De Expressões Afro-Brasileiras, a exibição do documentário “As Américas têm cor: afrodescendentes no século XXI e o lançamento do “Plano de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana” e da campanha “Censo 2010 – Assuma a sua negritude!”.


Emanuelle Oliveira - Jornalista integrante da Cojira/AL

Um comentário:

  1. Gira e rigira ed eccomi qui. Ti auguro una buona serata.

    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Agradecemos sua mensagem!
Axé!